7 de maio de 2008

Chamados Pela Graça - Parte 2

Paulo escreveu a epístola aos convertidos gálatas em algum tempo entre 48 e 58 dC. Judaizantes (Judeus convertidos ao cristianismo) tinham procurado fazer os gálatas se voltarem contra Paulo, e os convenceram que, como gentios, eles precisavam ser circuncidados e observar o ritual da lei a fim de serem salvos.

Nesta epístola o apóstolo dos gentios não devia prestar atenção a um pecado moral, como no caso dos coríntios, mas sim à um mal doutrinário, dos mais graves.

Segundo JB Phillips no (Tranlation of the New testament), “os queridos idiotas gálatas” (Gl. 3:1), foram como que enfeitiçados e enganados por falsos mestres, e estavam abandonando a maravilhosa graça (único meio de salvação), para retornar a uma religião de obras.

Hoje as nossas tribunas estão infestadas de “pregadores”. Lugar onde alegam indiretamente que a graça, já não é mais suficiente, e ainda utilizam versículos isolados das escrituras sagradas, para justificar sua legalista maneira de viver.

Esquecendo-se que Cristo nos redimiu da maldição da Lei, quando se tornou maldição em nosso lugar. (Gl. 3:13).

Esses pregadores que assim pregam, tropeçam exatamente naquilo que preocupava o apóstolo Paulo no que diz respeito aos gálatas: o abandono da graça. Como diz João Alexandre – músico cristão contemporâneo - em sua música É Proibido Pensar:

"Reconstruindo o que Jesus derrubou
Re-costurando o véu que a cruz já rasgou
Ressuscitando a lei pisando na graça”.

Que Deus nos dê graça para viver e pregar o verdadeiro “Evangelho”.

4 comentários:

Vitor Hugo da Silva disse...

Thiago!

Estou até imaginando os artigos aqui postados: Graça e mais graça!
Com certeza seremos edificados pelos artigos aqui postados.

Um abraço a você e a seu parceiro de BLOG Elinéias.

Sejam bem vindo!

Claiton disse...

Thiago e Elinéias,

parabéns pela iniciativa do blog teológico-gracioso. Com certeza será um espaço de edificação cristã e reflexão teológica interessante para jovens pensadores.

Claiton

Rodrigo de Aquino disse...

Blogueiros,

de acordo com o texto de voces, alguns pregadores tem abandonado a pregação da graça. acredito que seria interessante, sem citar nomes, se essas máximas onde a graça é diminuida fossem mostradas.

paz

Rodrigo
www.ocioteologico.blogspot.com

Mario disse...

Deus lhes abençoe pela iniciativa!

Que cada texto de vcs seja uma resposta de amor à maravilhosa Graça, derramada por Deus sobre nós.

Mario